Os melhores para assistir no Netflix 2019

Nenhum comentário:
Você já leu o título, né? Mas como eu acabei de comprar uma mesa digitalizadora (e estou empolgada demais com ela), vou ter que reforçar:
Então, como seguia nenhum planejamento de vida: estou morando sozinha aos dezenove anos na incrível (e barulhenta!) cidade de São Paulo, e a minha falta de internet em casa tem me proporcionado novas experiências, que envolvem uma quantidade imensa de cafés com Wi-fi, mas isso é conversa para uma postagem cheinha de fotos e recomendações de lugares, por enquanto só devo dizer que tenho feito download de muitas séries e filmes para assistir no meu tempo vago:

Siempre Bruja, que em português significa pizza com orégano, eu moro com um Guatemalteco, então sabemos que meu espanhol beira a fluência.

Não sei nem dizer como que eu me apaixonei por essa série, não sei se foi o meu fraco por bruxas (mulheres poderosas é sempre bom, né?), não sei se foi a parte histórica (a protagonista viaja no tempo, não é spoiler, é o enredo da série), ou se foi a música tema que achei a coisa mais linda e sensual do mundo: Tiempo de Profeta



Fiz uma playlistzinha com a música tema que eu falei, e o trailer da série ♥

Sex Education, manooo (bem paulistana), que série foi essa?

Okay, e se sua mãe fosse uma psicóloga do sexo, sua casa fosse rodeada de pênis e vaginas, e você, um adolescente virgem tivesse um monte de conhecimento acumulado sobre o assunto? Claro que você abre uma clínica de consultas para ajudar os adolescente do seu colégio com seus problemas mais... íntimos.


Você vê um ou outro esteriótipo? Sim, claro. Mas o que eu achei mais incrível sobre essa série foi que ela trata de sexo como algo muito natural, tirando o tabu de se falar sobre isso, e eu tenho certeza que pra muitos jovens que vão assistir vai ser educativa de muitas formas, e isso é algo que o Netflix está mandando muito bem! Em utilizar seu espaço e seu alcance para passar mensagens importante com seus originais. Além de que a série em si é muito engraçada e te dá aquele friozinho na barriga em alguns momentos.

(Des)Encantado, estou meio atrasada pra falar dessa, né?


Mas esse desenho (adulto, ou quase), é engraçado em um nível que eu estou sozinha em casa dando gargalhadas, cada episódio é uma trama única, mas algo que nunca muda é a personalidade independente de Bean (e de novo, quem não gosta de mulheres poderosas?), um elfo que tem pirulitos, balinhas e açúcar em seu DNA hahah e um demônio (que ás vezes pode se passar por um gato).

Ordem na Casa com Marie Kondo,  se tem uma pessoa que ajudou na minha mudança (tirando meus pais, meus amigos, na real... tá, muita gente ajudou) foi a Marie Kondo, a série dela mostrando como famílias melhoraram sua qualidade de vida em todos os aspectos só fazendo a organização de suas casas me inspirou, fui atrás de ler o livro e no dia seguinte eu já estava me livrando de todas as coisas que 'não me traziam alegria' mas que por algum motivo eu guardava: roupas que não cabiam mais em mim, presentes do meu ex-namorado, cartas de amizades que não existem mais... E agora eu tenho tanto espaço para as coisas novas que quero viver <3


Dumplin',  eu assisti um vídeo no youtube que dizia "Dumplin' é tudo que Insatiable queria ser e não foi", e realmente

Eu não sou muito de falar de coisas pessoais na internet (agora, antes eu era bem aberta), mas eu tenho problemas de aceitação com meu próprio corpo, e enquanto um programa fez eu me sentir pior (sério, quem perde 90kgs em 3 meses em uma dieta líquida? Palmas pra Insatiable que desafiou a natureza), outro (Dumplin'!) mudou a minha perspectiva sobre algumas coisas, e me apresentou Dolly Parson, hahaha que apesar de ser um ícone (eu lembro dela como a tia da Hannah Montana), eu nunca havia realmente parado para ouvir a música dela, que é linda.

Então agora não vai ter nem trailer, nem música, vai ter os dois! Na verdade: um cover Drag Queen que fizeram pra promover o filme ♥ 




Desventuras em série (3a Temp),  se você já é fã dessa série provavelmente recebeu aquela notificação amigável do Netflix para você procrastinar suas obrigações mais um pouquinho e assistir a terceira temporada da série, mas caso você ainda não tenha assistido, deixe-me te avisar: Ou você vai amar, ou vai odiar.

A obra baseada nos livros segue uma narrativa única, e o Lemonet Snicket estava certo "nada nunca dá certo na vida dos Baudelaires". O trailer é da terceira temporada:



Espero que vocês tenham gostado das indicações para esse começo de 2019!

Até a próxima,
Gabbi