2018 Recap + Sonhos para 2019

Nenhum comentário:

"Pra adolescente tudo é maior" é o que dizem os intelectuais adultos, e devem estar cobertos de razão. Quando terminei meu namoro que durou quase quatro anos achei que fosse morrer de dor no coração, isso foi no meio de outubro do ano passado, e terminava 2017 e toda angústia ainda não tinha ido embora, eu fui capaz de jurar que o ano seguinte (o atual 2018) seria o pior de todos, e como eu estava enganada!

Esse ano foi um ano de novas experiências, e de pessoas sensacionais na minha vida ♥ Eu tive a oportunidade de viver coisas incríveis, Brasília, minhas primeiras baladas (que se tornou uma tradição de fim de semana), comer fora em lugares incríveis... 

E o que eu quero para 2019? Segue em anexo minha lista de metas e sonhos para o próximo ano:

(    ) Ir para a academia no mínimo 4x por semana

(    ) Aprender Italiano até o intermediário
(    ) Ler mais livros em inglês
(    ) Não pegar DPs na faculdade
(    ) Fazer intercâmbio
(    ) Me alimentar saudável
(    ) Emagrecer 20kg 
(    ) Fazer vídeos pro youtube
(    ) Aprender a fazer arroz
(    ) Não desistir do blog
(    ) Escrever uma história com ínicio, meio e fim
(    ) Comprar um celular novo
(    ) Conseguir um emprego
(    ) Parar de me humilhar pra homi
(    ) Deixar o cabelo crescer
(    ) e mais...

Espero conseguir me manter focada para realizar esses sonhos, por exemplo, para de querer ficar cortando o cabelo shaushausuah ♥

Obrigada,
Gabbi Sandi

Playlist ABC

Nenhum comentário:

Olá seres humanos e unicórnios! Turubom? 🦄

Essa postagem eu vi em uns blogs gringos e era na verdade uma tag chamada "Playlist ABC" que basicamente propunha que você conseguisse listar em ordem alfabética uma música com cada letra do alfabeto... Com essa ideia + uma thumbnail de Stranger Things criei essa playlist com basicamente as minhas músicas favoritas *da vida* de diferentes estilos e artistas, afinal eu tive que desenterrar muita playlist antiga para achar algumas letras...





Espero que tenham gostado da playlist,
Você conseguiria fazer uma playlist em ordem alfabética com suas músicas favoritas?
E pensar em uma música que não seja "Zombie" para a letra Z? 🧟

Beijos,
Gabbi Sandi
Status: refletindo se seria possível fazer uma Playlist ABC de Funk


O que assistir em Setembro

Nenhum comentário:

Olá seres humanos e unicórnios! Turubom? 🦄

Okay, as férias acabaram já faz um tempo, o feriado da independência já foi também, e você deveria estar estudando todo o conteúdo acumulado da escola, cursinho, faculdade, mas ao invés disso é óbvio que você (e eu) estará no netflix procrastinando até o momento das provas, da entrega dos trabalhos e do desespero! Tudo bem, deixe o você do futuro se preocupar com essas coisas, e o você do presente ser feliz mais um pouquinho.

Vamos começar com: 

(Será que essa fonte parece mesmo canetinha?)

Simplesmente a história de amor mais fofa de se assistir, é daquelas que eu pausava no meio só para respirar e conseguir me focar no que iria acontecer em seguida, tentando controlar os gritinhos e os suspiros que eu dava de cinco em cinco minutos.


Quando eu vi o trailer do filme lá no finalzinho de julho eu já estava completamente envolvida pela história que eu simplesmente não consegui pensar em lidar com a espera de duas semanas para assistir ao filme, e fui comprar o primeiro livro na saraiva, e depois o segundo... e o terceiro... E foi a leitura mais rápida que fiz na vida; Três livros em 48 horas! 📚 Aliás, acho que seria uma boa fazer uma resenha aqui no blog.

A história é sobre Lara Jean que toda vez que se apaixonou na vida escreveu uma carta colocando todos os seus sentimentos (a escritora Jenny Han fazia isso quando era adolescente!), ela então colocava o endereço, fechava a carta e guardava em sua caixa de chapéus, e tudo seguia normal, até o momento em que de alguma forma seu maior tesouro (as cartas) são enviadas à seus antigos (e atual!) crushs, é mágico, apenas!

Essa foi sem dúvida uma tradução muito preguiçoso de título de filme 😂


Mais um filme com o incrível Noah <3 (ele é o boy de 'Para todos os garotos que já amei'), esse filme é sobre padrões de beleza, esteriótipos, a nerd, a líder de torcida e o quarterback.

Para todos os garotos que já amei >>>>> Sierra Burgess
Sierra Burgess é a garota inteligente que por não se enquadrar nos padrões de beleza sofre bullying das lideres torcidas, e de alguma forma, um número desconhecido manda mensagem para ela acreditando que é uma dessas meninas populares, Sierra se apaixonando se vê 'obrigada' à se passar por outra pessoa e tendo que pedir ajuda à guria que mais maltrata ela

Eu vi uma crítica no twitter que infelizmente terei que concordar: está faltando filme que mostrem que a pessoa mesmo não estando nos padrões de beleza pode ser ''a desejada'', e não que "apesar de ser gorda, ela tem uma personalidade incrível", porque ela é linda, sim! Mas apesar disso o filme é bem fofinho de ver <3

Se você ainda não assistiu a primeira temporada, posso te afirmar que você está usando o Netflix da forma errada! Essa série é simplesmente incrível e apaixonante. 💓🐧


Eu não consigo entender o quanto essa série é equilibrada: ela é leve e pesada, te faz rir e chorar, te deixa com raiva e feliz... A história é sobre Sam, um garoto autista (no espectro) que está em busca da sua independência, e é realmente mágico acompanhar toda essa jornada de descobrimento e amadurecimento

E então, já viu alguma dessas indicações? O que achou?
'Para todos os garotos que já amei 💌' realmente supera 'Sierra Burgess'?
Está querendo uma terceira temporada de Atypical?

Beijos,
Gabbi Sandi
Status: esperando mais filmes com o Noah

Como eu te superei

Nenhum comentário:

Não era exatamente isso que eu tinha em mente, eu juro que não era, inclusive tenho um monte de fotos com os meus amigos e um montão de boas histórias que fariam um conteúdo mais agradável do que eu lamentando a inegável realidade dos fatos.

Mas quem diria? Que hoje eu ia me pegar pensando novamente em tudo que aconteceu, acontece que mesmo com o Facebook e todas as redes sociais bloqueadas, o Spotify não entendeu que a gente não fazia mais parte da vida um do outro, e foi igual uma cena de filme de terror:

"- Não entra por essa porta, Gabriela!", mas segundos depois eu estava ouvindo as suas playlists e pensando como a gente ouviu algumas músicas juntos pela primeira vez, e então tinham aquelas que lançaram muito tempo depois mas que por coincidência chegou nas nossas vidas mesmo com a distância e com a impossibilidade de eu realmente escutar rap, ou de você se render à ouvir Ed Sheeran.

Não me entenda mal, eu realmente não quero nada de você, e eu superei, de uma maneira estranha, mas acredito que foi isso mesmo.

Sei que hoje de forma alguma eu gostaria de voltar no tempo e mudar as minhas escolhas, porque elas foram simplesmente as melhores que eu fiz em toda minha vida, conheci pessoas maravilhosas (acho até que você poderia gostar delas) e vivi coisas inimagináveis que eu sei que não teria sido possível se ainda estivéssemos juntos... Eu estou tendo simplesmente os sonhos mais grandiosos do mundo e está sendo uma loucura ver que eles vão se realizar, e parte do meu corpo está gritando de medo e a outra parte se joga com o coração impulsivo.

Acho que a parte esquisita de como eu te superei, é eu sentir falta da nossa amizade: jogar os jogos mais aleatórios, desarmar bombas às 3h da manhã, encher o refil ser responsabilidade de quem comer o hambúrguer de cabeça pra baixo, os duetos desafinados, e eu ia complementar essa lista com "Falar mal das suas músicas", mas pra ser sincera as suas playlists estão sensacionais.




Até a próxima,
Gabriela Sandi